segunda-feira, 6 de abril de 2009

Velhos hábitos

Quanto tempo é preciso pra mudar sua vida. O último segundo de uma partida? Cinco palavras bem ditas? Um abraço de dez segundos? Uma hora de conversa? Um desabafo de quinze minutos? Quantas vezes precisamos mudar até encontrar uma constante? Ela precisa ser igual, ou alinear? Eu não sei. Até onde eu posso caminhar sem mudar as borboletas que mato, ou as tempestades que impeço no outro lado do mundo. Me disseram uma vez que somente os fanáticos alcançavam realmente algo significativo, dentro de uma idéia. Somente os fanáticos.

Eles sempre querem mais, eles têm vontade, vão atrás, buscam, estudam, o nome pode até ser agourento, fanático, mas a verdade é que eles mudam gerações, todo grande físico, causou um impacto no mundo, e cada grande pastor também, tanto bons músicos, ou engenheiros. O mundo é dos fanáticos por alguma coisa, se o eufemismo cair bem, quem alcança algo nesta vida, são os interessados por um ideal, fazendo seu tudo para alcançar a meta. O preguiçoso, que deixa tudo em espera, nunca vai ser lembrado. Ser lembrado não é nada. Mudar o mundo é um dom.
Eu não vou mudar meus hábitos amanhã, porque amanhã posso não estar aqui, posso não ser eu mesmo. Uma pessoa nunca é a mesma desde sua última conversa, e amanhã, eu também posso não ser. Então eu decidi que não podia desperdiçar os mêses seguintes, que provavelmente serão muito importantes, pra como os preguiçosos passear. Eu planejei algo importante e comecei hoje. Que vai levar algum tempo, e que eu não espero quebrar. Mas causar uma mudança no mundo, e espero que seja grande.

Eu não estou sozinho nesta causa, pelo menos por um quarto do tempo, junto da Ana. Já que costumamos fazer os programas de vez em quando junto, porque não também os difíceis. A geladeira mudou aqui em casa, e as pessoas ao meu redor também. É diferente quando você decide mudar não seus sentimentos, seus amigos, seu modo de vestir ou pentear o cabelo, mas seus hábitos. Muda. Tudo muda ao seu redor, e você nota cada despercebido inconsciente seu em cada atitude errada. Apenas um dia, e nada demais, mas tem todo o valor de uma conquista viroriosa.

Cara dá uma olhada no cara das mímicas no youtube!

Um comentário:

Tefy disse...

David!!
Hje pensei: "quanto tempo faz que nao visito o blog do vizi?" hauahau
Cá estou!^^
Adoorei o post lá dos amigos!
(Nao sei, mas me enquadrei nakele das ke abrem um sorriso de dentes feito de comercial de creme dental! hahaah), nao ke seja, mas sou risonha de mais as vezes ^^
Saudades das viagensdo Professor David! \õ
Beijãao Vizi!