terça-feira, 25 de março de 2008

Figuras esquecidas

Certas figuras que eu não mais lembrava existirem, voltaram a me confrontar hoje. Quando menos se espera, os problemas que antes pareciam haver desaparecido, tomam o formato de uma onda e tentam nitidamente acabar com a tua estrutura. As grandes crises desenvolvem-se todos os dias, e é somente com a força do Senhor dos Céus que eu consigo enfrentá-los com firmeza, certas vezes tudo que vemos são catástrofes, discórdia e opressão, mas nessas horas, o que eu faço é simplesmente me trancar dentro da alma, e resolver tudo sem sair de lá. Não existe mais tempo a perder, pelo menos não em épocas como esta. Não existem mais ampulhetas disponíveis para brincarmos de perder tempo.

O primeiro pensamento que me passa como um flash pela cabeça quando alguém me conta seus problemas é o de tentar resolvê-los. Às vezes, são complicados, por outras estranhos e algumas vezes não muito raras, muito simplórios. Todos os dias, eu vejo situações embaraçosas e discussões de alto dano. Não apoio nenhuma delas, e por mais que eu tente, em algum momento chego ao ponto em que perco os sentidos e volto a essência pera obter minha força novamente. Clamar pelas pessoas, suga tudo que você oferece, como se toda a virtude sobre você fosse distribuída até o fim, e é ali que você reconhece que de nada adianta o que você veste se não puder ser um canal para ajudar aos outros.
Em momentos de fraqueza, tristeza e solidão, você precisa de pessoas que queiram levantar as tuas mãos, e não de motivos para te deixarem triste e abatido. Você necessita de um lugar a sós, de um amigo querido, de um copo de chocolate frio, ou de um abraço que demonstre tudo aquilo que você precisa sentir. Ninguém se sente especial, até que o digam o quanto é, todos carecem de alguém que nos salve, que esteja lá por nós, que olhe em nossos olhos e nunca minta, que não finja, que não planeje farsas para você e muito menos forje camihos escuros em tua vida.

Portanto, mesmo quando as nuvens escurecerem o tempo, e todo mundo lá fora fechar as janelas, lembre-se do quanto você precisa dos amigos valentes, que sentam na porta de casa e sentem a chuva cair com você. Descubra que tudo que você precisa é sentir-se feliz, independente do horário. Não deixe de dançar na cozinha só porque alguém pode te ver, aproveite pra ligar para aqueles que você ama, e contar à eles o que sente. Enfim, ame sem medo dos problemas que te cobrem, porque as amizades, podem te tirar do poço no momento em que você mergulha na essência.

Se vocês continuarem iguais, daqui a dois anos podem vir a se separar!

8 comentários:

Franzmann disse...

Mais um texto profundo do David!
hehehe
Sempre há um momento em que precisamos voltar a essência.
Pois todos tem seu "limite", seja lá qual for.
A "essência" pode ser compreendida por cada um de forma diferente, mas todas sempre terão uma coisa em comum.
Esse é ponto. Ela simplesmente não pode ser explicada.

abraço David!

Rodrigo disse...

tchê, dessa vez não vou enrolar hueheu. As pessoas tem q evoluir sempre buscando da essência a força necessária para seguir em frente e superar adversidades.......FUI!

abração!

Raqueeeel Kalsing disse...

daaaaaaaaavid

q saudades de umas conversas ctgo!
desde nossos papos violinisticos ateh as teorias comentadas de LOST LOST LOST, hj jah baxo por mim mesma..
mas me falta algm p comenta as vezes! na alemanha lost nao eh tao assistido quanto no brasill
aki soh olham deperate housewifes e greys anatomy a maioria..

enfim..
logo estou de volta!
bjbj

Tóia* disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tóia* disse...

David e seus textos best's.
Cada vez tu te supera mais, e teus textos tão cada vez mais interessantes. Legal ver o jeito que tu pensa. E concordo plenamente quando tu falou que "Não existe mais tempo a perder, pelo menos não em épocas como esta."

Muito bom, continua assim!
Beiiijos

Maiquel disse...

mto fera esse texto cara..
otimo como todos!
uns dos melhores ate do blog, ja devo te lido todos..

so meio depressivo ja deu pra ti perceber, gostei bastant do penultimo paragrafo hehe

"Amigos são aqueles que permanecem nas horas mais difíceis, quando todos os outros já se foram."

n sei escrever, mas copia eh cmgo! hehe

vlw

Lara* disse...

'Em momentos de fraqueza, tristeza e solidão, você precisa de pessoas que queiram levantar as tuas mãos, e não de motivos para te deixarem triste e abatido. Você necessita de um lugar a sós, de um amigo querido, de um copo de chocolate frio, ou de um abraço que demonstre tudo aquilo que você precisa sentir. Ninguém se sente especial, até que o digam o quanto é, todos carecem de alguém que nos salve, que esteja lá por nós, que olhe em nossos olhos e nunca minta, que não finja, que não planeje farsas para você e muito menos forje camihos escuros em tua vida.'

Acho q esse texto veio em boa hora porque é o que eu estou pecisando, e foi ótimo ler isso... Você sabe né, seus textos me tocam porque me indentifico com eles, além de você escreve-los muito bem (:
Muitos beijos e nunca deixe de escrever aqui viu!? Se não te parto a cara!! :P uahauhauha
Parabéns e ó, sempre terá uma amiga aqui em Porto pra te ajudar no que for ^^

Duper Uper disse...

"If I had a chance, I'd ask the world to dance,
and I'd be dancing with myself"

i'm here for you, mister. o>