terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Dominós empurrados

Esperar horas em uma fila de banco para ser rapidamente atendido, é uma experiência que paulatinamente te leva à loucura. Mesmo com todo o sistema criado por bancos, lojas, e supermercados, o teste da paciência no momento em que todos tomam o mesmo lugar, torna-se crítico, não pelo atendimento, que em grande parte das vezes é eficiente, mas pelo pequeno trajeto caminhado em um tempo tão longo.

A verdade é que não é a primeira vez que noto isso, mas com o passar dos anos, à medida que crescemos, o pagamento em bancos, lojas e supermercados tornam-se uma realidade crescente em nossas vidas. E é por causa dela que posso compartilhar da minha tão "interessante" tarde desperdiçada apenas nas filas destes estabelecimentos. Nota-se que o comércio tem feito o possível para tornar-se tanto eficiente quanto rápido com seus clientes, e mesmo com todas aquelas poltronas ortopédicas, ares-condicionados e estagiários, a tarefa de pagar uma conta bancária acaba resultando em uma hora monótona, pelo simples fato de que em uma cidade de sessenta e cinco mil habitantes, quarenta resolveram fazer a mesma coisa. A luta, por quitar uma dívida não é para qualquer um, às vezes o atendente passa a bipar quatro vezes seguidas cidadãos frustrados com a fila que reputaram-se por sem tempo e continuaram em outros afazeres, dando lugar para aqueles que providos de alguns minutos a mais, persistiram.

O sistema criado por mentes tão inteligentes, ainda deixa a desejar, e provavelmente deixará por muito tempo. Em primeiro lugar, porque a modernização dos meios públicos caminha lentamente, e em segundo, pois a população vem crescendo a cada dia surpreendentemente. Espera-se que tais estabelecimentos encontrem maneiras de melhorarem seu atendimento, resultando em clientes mais satisfeitos que esperem menos nas tão imensas filas.

Não esqueçam pessoal, um passo de cada vez, e não fure a fila.

Um comentário:

Duper Uper disse...

É por isso que existe a internet. E é por isso que dá pra pagar a maioria das contas por meio dela. Assim o mundo evolui e tudo se torna prático. Não compre em lojas que não possuem web site. É uma exigência dos dias atuais e um respeito ao consumidor. Busque sempre o diferencial. E pra todo o resto existe o procon.