sábado, 10 de maio de 2008

Dia de Zôo

Manhã branca. Branca de névoa. Não se podia ver nada na rua. O celular começa a tocar às cinco da manhã para alguém perguntar porque eu ainda não cheguei. O único detalhe é que eu não pensei que realmente alguém fosse estar no ponto às cinco da manhã. Após mais duas chamadas me coloquei de pé, escovei os dentes e comecei a me arrumar. A enduro da gincana tinha acabado pra mim as três e meia. E tudo que eu tinha era sono. Enfim, saimos de casa, pegamos minha prima, e chegamos ao ponto. Vamos para o zoológico.

O micro-ônibus mais barato que encontrei realmente surpreendeu. Som, ar-condicionado, cadeiras reclináveis, e novo. Novo. Pulamos, não cantamos, papeamos e dizem as más línguas que alguns colocaram as fofocas em dia. Pegamos mais alguns na faixa e seguimos rumo ao zôo. Uma galera aproveitava pra ir no banheiro em cada parada. O cd que tinhamos era apenas um. E chegamos ao ponto em que não podiamos mais escutar as músicas. Então chegamos no zoológico.
Dei comida pra estrela do parque, vulgo giraffa camelopardallis. Vi um tigre e uma tigresa entrarem em acasalamento enquanto uma menininha perguntava "mãe, o que eles estão fazendo?", brincamos na praça, comemos o lanche, gritamos para um macaco de bunda vermelha e burlamos a segurança do elefante. Quanto ao macaco, ele nos jogou merda. Tivemos grandes momentos, até mesmo enquanto um de nós segurava uma aranha jardineira na mão e dizia "ela é calminha, não faz nada". Dia que foi uma beleza.

O mais interessante é que ainda teremos muitas dessas, por muitos anos. Faremos várias com histórias bem mais interessantes e com muito mais para contar. Enquanto isso, mantenha contato. No fim, a gente caminhou com os flamingos. Tirei uma foto com cisne e com as tartarugas. Muita coisa pra contar, muitos sorrisos pra guardar, e até rimou. Bem, o zôo saiu, e realmente bombou, em todos os sentidos.

Mas ah, ele é o príncipe lindo, e tu vai terminar hoje!

Um comentário:

Jonatas disse...

Uhum, foi legal!!!