quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Cartas abertas

Meu dia começou com o almoço, e depois com muitas horas de trabalho, terminou com uma boa janta, e com a mãe no sofá assistindo alguns episódios. Alguma coisa está presa, e como é horrível saber disso, saber que nem tudo está bem... Ah, antes que um alguém imagine coisas, só pra deixar claro, o "eu te amo" não era pra você. Eu disse, costumo dizer o que preciso, e Gideão pode ter esperado por resposta, mas a minha não é afirmativa. Se é que houve uma pergunta. E se quiser saber o porque de eu decidir responder, é porque nunca gostei de enrolar alguém. É horrível ser enrolado. É chato e desprezível de quem enrola, então melhor dizer logo. Porque a história que eu conto, tem outro substantivo por foco.

Amanhã começa um novo projeto, com um pessoal escolhido a dedo na igreja, e por mais que eu pense não consigo imaginar dando errado. Existe uma certeza em mim de que tudo que nós fizermos vai dar certo, automaticamente. Talvez seja apenas um começo, uma invenção, mas quando der certo, quando tudo melhorar, quando tudo começar a andar, como nós queremos, pode ter certeza, que realmente dará certo. A vida anda um pouco difícil nesses últimos dias, a banda tem passado por momentos bem difíceis, na história desse conjunto mesmo, acho que é a pior fase desde que criado. Um deserto sabe, que pra alguns parece sem fim, como se três meses fizessem tanta diferença. Hora de segurar as pontas.
Eu enxergo uma esperança nascendo com o sol, refletindo nos meus olhos. Algo está crescendo, mas espere um momento, se o conjunto está passando pela pior, se quem eu precisava do meu lado esta se curando, se tudo está fraco e frio, significa que é hora de se preparar novamente, porque alguma coisa vem por aí. Eu respiro fundo, suspiro, precisava de você do meu lado. Não é fácil resolver estes problemas, nada tem sido fácil. Acho que é hora de pegar de uma vez por todas as minhas responsabilidades e correr atrás do que eu preciso, quando eu terminar tudo isso, não terei mais respostas, nem perguntas.

Eu vou fugir, e quando fugir saiam da minha frente, me dêem espaço, me deixem passar. Eu quero diferenciar as minhas mãos, da solidão, e as minhas palavras da mesmice, não quero ser um filho como todos os outros, eu quero ser diferente, quero que apostem em mim, quero que acreditem e torçam por mim, que chorem e que riam comigo. Eu não quero ser mais um boneco em série, preciso de alguém que saiba responder minhas perguntas.Preciso de alguém que tenha experiência em destruir monstros e dragões, sereias e impérios. Precuso amadurecer de outra maneira, dentro do meu coração.

Hoje a minha pergunta é, será que vou viver na mesmice, como milhares que receberam o mesmo que eu?

Um comentário:

Kathreen Deves disse...

Se alguma coisa deve ser dita por mim ;é um muito obrigada, de verdade, mesmo.Minha gratidão por você será levada junto com um forte carinho.
Sabe..a verdade é q todos dizem q sempre quero tudo muito romântico e irreal..todos riem pq espero por coisas inesperadas e diferentes,únicas,só p reger a minha história,o fato de coisas tão simples serem guardadas por tanto tempo, fazem com que as pessoas com quem é dividido esse meu tesouro, não acreditem,ou me coloquem como centro de risos..e eu?Nunca me importei pq Deus sempre me disse q o melhor seria meu..eu creio agora,sim, somente agora..q também isso acontecerá com a questão de sentimentos, tbm na questao de companhia,será,virá o melhor ,só agora acredito,pq não tinha noção do tanto q era capaz de sentir ,só agora pq nunca tinha experimentado o doce balanço de uma dança sem musica ,só agora, pq descobri como é inexplicável ficar cantarolando sozinha..Meus momentos aqui foram os melhores, mesmo q tenha visto certas coisas por ângulos totalmente diferentes do real, é só agora q o Senhor pousa com sua meiga voz em meu ouvido e pergunta''tens certeza q preferes ficar sozinha por todos os dias da tua existência?'' minha resposta -embora nao te importe-hoje, é não, pq descobri o tanto q sou capaz de sentir. Mas agora, é hora de secar aquilo q rola,suspirar mais q fundo,é hora de olhar adiante e voltar com os planos originais sem fuga de rota..cortes profundos,fraturas expostas,avcs,anestesias,sonos reduzidos,sonhos aniquilados,aventais brancos,boas e más noticias,depois de um tempo atravessar o atlântico daí sim finalmente. Mudar o mundo. Soa meio utópico, mas mudar, revolucionar, agir, descruzar os braços e querer amar mais que ser amada. Ver as injustiças de perto e poder também ser mais q um produto padronizado.

Só te peço mais um detalhe, para que tudo fique claro, limpo, branco, que nao passe em nenhum momento sobre sua mente, q tudo o q escrevi nestes breves espaços tenha sido apenas uma estratégia,apenas mentiras,apenas invenções de impressionismo,pq nao foram..O abraço q desejei dar-te numa madrugada nao foi com intenções erradas, com sentimentos vulgares..Tudo q disse sobre seus textos foi completamente sincero,nao duvide,por favor nao duvide.
Agora eu paro,para agradecer-te mais uma vez, p dizer q depois de estar aqui certas percepções mudaram..Agora eu paro,mas somente p descansar,p pedir óleo p minha ferida,p pedir colo e cafuné,agora eu paro,mas somente p me curar e quando isso tiver acontecido espero q aceites novamente meus comentários(mas prometo não tomar posse daquilo q não pode ser meu), saio daqui mais forte,mais 'chorosa',mais sentimental,mais sincera comigo, eu morreria se nao tivesse dito tudo q disse ontem,eu secaria se nao tivesse colocado p fora o q me fazia esperar, vc agiu da maneira como aguardava e é por isso q saio classificando-o como nobre. Poucos, raros ,os mínimos, agiriam como vc. Obrigada David vc me mostrou q valeu a pena.

Quanto aos teus planos.. corre mesmo,corre e nao olha p trás,nao olha p os lados só em frente,sempre p o alvo como Paulo, como Moisés, como José que fizeram das dificuldades uma forma de futuras grandes conquistas,vai lá, faz essa cidade estremecer,é isso mesmo, nosso sobrenome é ousadia ,pq vamos com o nome que é sobre todos,pq somos fortes e nao é pouco nem muito q nos abalará,afinal é tempo de guerra, eu voltei a me armar,seu objetivo é atacar comandante? Vamos à luta.

ahh .. guerreiro!!não serão detalhes q me farão deixar de orar por sua vida.Consigo acreditar em vc mais do que em mim..e olha q nao acredito pouco em mim..na verdade o suficiente a ponto de crer em minha vaga disputada por mais 57 pessoas.
Bom, mais uma vantagem foi q treinei de forma informal minhas redações.
e q descobri q todas as pessoas tem uma gravação dos momentos importantes..inclusive das inaugurações.(palmas p mim)

feliz projeto,feliz guerra,feliz sonho,e vitória.

‘Posso enfrentar o q for eu sei que